Siga o nosso Diário de Campo

26 Abr 2017
+

Fototrip à Costa Vicentina

Asas servem p’ra voar
Para sonhar ou p’ra planar
Visitar, espreitar, espiar (…)
” Asas, GNR

É no topo de uma abrupta falésia, que se precipita de forma vertiginosa sobre o mar, na zona de Sagres, que contemplo a imensidão de oceano que tenho diante dos meus olhos. As gaivotas, de forma sobranceira, planam sobre mim e o grupo de fotógrafos que me acompanha, como se fossemos intrusos do seu espaço. O vento que se faz sentir, aumenta a inveja que tenho destas aves. Elas voam e planam sobre a paisagem de forma elegante, confiante e destemida. Para elas, naquelas falésias, não há recanto que não conheçam. Não há mistérios ocultos. Podem visitar qualquer pedra, qualquer caverna marinha sem preocupações de segurança. Nesse momento, desejo que uma daquelas gaivotas – tal filme de Harry Potter -, fique gigante e nos transporte nas suas asas para mostrar todos esses segredos. Desejaria igualmente, que fizesse voos rasantes junto ao mar, e que todos pudéssemos sentir o vento a bater no rosto e o cheiro da verdadeira liberdade que estas aves desfrutam. Sou assaltado por este tipo de pensamentos, a cada visita a este Parque Natural, tal a cumplicidade com esta região de Portugal. A cada praia visitada, lá estão elas, outra das minhas fantasias, as famosas Pão de Forma a quem alguém apelidou de Carrinha do Papo-Seco. Por este Parque Natural, existe uma certa forma descontraída de levar a vida, pela maioria das pessoas que o procuram todo o ano, que muito me agrada.

Terminadas as fantasias, este último parágrafo tem como intuito agradecer a quem me acompanhou neste passeio pela Costa Vicentina. O empenho foi o de sempre, aliado a um forte sentido de humor e boa disposição. Com um grupo assim, tudo fica mais fácil, seja a aceder a praias pendurados em cordas ou em caminhadas com desnível acentuado.

Começo pelos suspeitos do costume: Luís Artur e João Godinho, a quem carinhosamente apelido de cromos. Se o João levou uma vassoura para varrer as praias na ânsia de fotografar as suas coisinhas, já o Luís multiplicava-se em esforços para fotografar em simultâneo com a sua Nikon e conduzir o seu drone supersónico. Ter quatro braços teria dado jeito. Ao José Leitão, pela vasta experiência que possuí nesta área e pela troca de ideias sobre fotografia analógica. A tranquilidade do Alentejo, veio de mão dada com a Maria, juntamente com uma nova técnica desenvolvida pela própria: dormir de olhos abertos. Enquanto isso, os detalhes da Costa Vicentina ficaram a cargo da Carla Lopes. Já do norte veio a Sónia, que agora reside na capital, junto aos mouros, e outro “habitué” das nossas experiências fotográficas, o literalmente grande Francisco. As estreias absolutas na Primeira Luz foram da simpática Sofia, que foi sempre a primeira a acordar para assistir e fotografar o nascer do sol, do calmo António e do caçador de momentos Joaquim Gomes. Além da boa disposição que contagiava todo o grupo, foi com agrado que vi o Paulo Pereira realizar o seu sonho de espatifar o seu drone nos areais da praia do Castelejo. Uma palavra final para a Teresa, uma vez que sem ela, não teria conseguido colocar na linha alguns dos meninos e meninas mais ariscos deste extraordinário grupo.

A todos, o meu muito obrigado pelos 3 dias de muita fotografia, mas acima de tudo, amizade e camaradagem!

Texto e seleção de imagens por Nuno Luís

15 Mar 2017
+

Neve na Serra da Estrela

O passeio fotográfico Primeira Luz “Neve na Serra da Estrela”, que teve lugar nos passados dias 4 e 5 de Março, decorreu sobre condições especiais, uma vez que fomos brindados com muita neve. Este facto, só por si, é um regalo para o olho humano e fez as delícias das nossas câmaras fotográficas.

06 Dez 2016
+

Serra da Estrela: As cores de Outono

O tradicional workshop de Outono que há quase 10 anos tem lugar na Serra da Estrela, teve este ano uma forte procura. Foi nossa opção realizar duas edições do mesmo, com um intervalo de 15 dias. Se no primeiro workshop tivemos as tradicionais cores de Outono a pintar grande parte da região serrana, na segunda, ainda com estas cores em força, recebemos a visita inesperada da neve que veio emprestar uma alma e vida diferente à já de si belíssima paisagem serrana.

11 Nov 2016
+

Passeio Fotográfico Outono no Gerês

Sopra uma leve brisa, forte o suficiente, para que algumas folhas se soltem de forma suave da copa das árvores e vão de encontro ao seu destino na Mata da Albergaria, no Gerês. Esta mata é um dos nossos tesouros naturais.

10 Out 2016
+

Passeio Fotográfico Piodão e Serra do Açor

Por Nuno Luís

Foi no longínquo ano de 1987 que se iniciou em Portugal o programa de recuperação das chamadas aldeias históricas. Este desígnio, abrangia numa fase inicial 10 aldeias, entre elas a aldeia do Piódão. Localizada no coração da belíssima e misteriosa Serra do Açor, esta pequena aldeia é muitas vezes apelidada de “Presépio de Xisto”, dada a sua posição cenográfica e em forma de anfiteatro. Tinha chegado o momento de conferir essa fama almejada ao longo dos tempos.

31 Mar 2016
+

Fototrip Costa Vicentina

Desta vez, a nossa proposta passa por uma Páscoa mais radical. Venha acompanhar-nos numa fototrip pela Costa Vicentina e descobrir que esta região maravilhosa de Portugal não é só para surfistas, pescadores e veraneantes.

14 Abr 2014
+

Estrelas na Arrábida

No passado dia 5 de Abril realizou-se o workshop de astrofotografia “Estrelas na Arrábida”, num cenário surpreendente, à luz de um ténue luar que permitiu, não só captar a beleza da paisagem envolvente, como uma imensidão de estrelas que salpicaram a esfera celeste com “pedacinhos de dia”, como há muitos anos ouvi a inocente visão de uma pequena criança referir, quando lhe perguntaram o que era o céu estrelado…

04 Mar 2014
+

Neve na Serra da Estrela

O habitual workshop de Fevereiro realizado no Parque Natural Serra da Estrela, tinha este ano um aliciante extra: a abundância de neve, fruto da neve caída nas últimas semanas.

24 Fev 2014
+

Time Lapse na Fonte da Telha

Foi no passado dia 15 de Fevereiro, que se realizou o primeiro workshop fotonature de 2014, totalmente dedicado à animação de fotografia Time Lapse, uma nova forma de registar acontecimentos alargados que permite condensar momentos mais extensos em animações vídeo que podem demorar de escassos segundos, a vários minutos.

25 Nov 2013
+

Outono na Serra da Estrela

São 6.20 da manhã do dia 16 de Novembro de 2013, e estamos a menos de 3 horas de mais um workshop de Outono no Parque Natural Serra da Estrela, por sinal um dos mais procurados e espetaculares do calendário FN. O despertador toca e está na hora de acordar. Ainda que o seu inicio estivesse agendado apenas para as 9h00 da manhã, tinha-me comprometido com o participante/fotógrafo Nuno Reis irmos fotografar o nascer do sol no inevitável Covão da Ametade. Em boa hora tomámos essa decisão…